(21) 2178-2211 ou (21) 3875-6767

Siga-me nas mídias sociais!

Psicóloga C.R.P: 18558/05

(21) 2178-2211 ou (21) 3875-6767

Psicóloga C.R.P: 18558/05

Tratamento Multidisciplinar para TDAH

Tratamento Multidisciplinar para TDAH

O tratamento do TDAH deve ser multidisciplinar, ou seja, uma combinação de psicoterapia, medicamentos, outros profissionais como fonoaudiólogos, psicopedagogos (se necessário), orientação aos pais e professores, e é importante que o profissional especialista procurado para fazer o diagnóstico adote esta abordagem para fazer os devidos encaminhamentos (todos os profissionais a serem indicados precisam ser especialistas e conhecer bem as dificuldades e necessidades do TDAH).

O Psicoterapeuta que trabalhar com TDAH precisa antes de tudo ter amplo conhecimento sobre o transtorno, seus sintomas, prejuízos causados na vida da pessoa e comorbidades para fazer o Diagnóstico Diferencial, uma vez que os sintomas do TDAH podem confundir-se com outros transtornos.

A abordagem de atendimento do terapeuta também é importante pois ele precisa ter conhecimentos de técnicas de reforço e motivação para estimular a mudança de hábitos e comportamentos, e utilizar recursos de Reabilitação Cognitiva para obter melhores resultados.

O Terapeuta trabalha de forma ativa neste processo, tem um papel de coach, estabelece metas, propõe estratégias, motiva , reforça e acompanha a execução e conclusão das tarefas.

Mas para que tudo isto seja possível não basta a participação ativa do terapeuta, a participação ativa do cliente é condição para um bom resultado.A sintonia do cliente com seu processo o levará a um maior investimento em busca do resultado.

O encaminhamento ao tratamento com fonoaudiólogo é recomendado nos casos onde existe simultaneamente alguma dificuldade, tais como Transtorno de Leitura (Dislexia) ou Transtorno da Expressão Escrita (Disortografia).

As dificuldades em manter a atenção, a desorganização e a inquietude interferem considerávelmente o rendimento  acadêmico do portador do TDAH.

É necessário que os professores conheçam as dificuldades de seus alunos com TDAH e que sejam orientados a auxiliá-los para terem melhor desempenho. Como esta área ainda é carente de informação especializada no assunto, este é mais um dos desafios do profissional que está atendendo este aluno.

A psicoterapia com TDAH não pode ser só subjetiva, a utilização de técnicas com o objetivo de melhorar a atenção, concentração e memorização são importantíssimas para o alcance de um melhor resultado na execução das tarefas e o desenvolvimento dos projetos de vida que o cliente em tratamento irá estabelecer durante seu Processo Terapêutico.

Envolver os pais e os professores na execução das tarefas propostas no atendimento da criança facilita bastante, e se estamos falando de adolescentes e adultos, temos que responsabilizá-los, apenas ir às sessões não é o suficiente, é preciso se comprometer a concluir o que lhes é proposto e este é um procedimento difícil, , já que concluir tarefas é um dos pontos mais difíceis e um dos maiores motivos de busca de tratamento para o TDAH..

Quando o cliente adulto com TDAH começa o tratamento, geralmente vem cheio de frustrações, tentativas sem êxito e desanimado. Muitas vezes se sente um preguiçoso ou incapaz, sua auto-estima abalada.

Na maioria das vezes este cliente sequer ouviu falar em TDAH. Em muitos casos, já se sentiu voltando atrás várias vezes em suas escolhas, inclusive a profissional. Neste caso um trabalho de Análise Vocacional/Profissional pode ser feito para que sua criatividade que lhe é peculiar possa ser empregada a seu favor, e que a atividade a ser por ele exercida profissionalmente seja prazeirosa e demonstre sua capacidade de criação.

Ou seja, um trabalho multidisciplinar que envolve alguns profissionais e estratégias constantes para que o objetivo seja alcançado e que o cliente seja estimulado e valorizado é a melhor abordagem para o atendimento e o sucesso no atendimento ao cliente TDAH.

Em caso de reprodução favor mencionar autor e fonte.

Nazareth Ribeiro
Psicoterapeuta Psicossomaticista Especialista em Clínica e Educação.
Coaching Vocacional e Orientação Profissional.
Coaching TDAH.
Dra. pela Esc Rennes (França).

1 comentário

  1. André em 20 de setembro de 2009 às 15:06

    Parabéns pelo Site, muito oportuno e esclarecedor! Fantástico!!!

Deixe um Comentário