Hoje eu estou assim, atendendo a maior parte dos meus clientes neste espaço, em homeoffice!
Mas de nada diminui o compromisso e a dedicação em cada um dos atendimentos!
Por isto, ao terminar meus atendimentos agora, as 21 horas de um dia intenso eu fiz uma reflexão sobre Empatia:

para o post no face:
Quando em 1990 eu fiz a formação na abordagem humanista-existencial, a terapia centrada no cliente (quando terminei eu fui direto fazer outra formação, a Existencial em 1993, e não parei de estudar numca) eu aprendi com o estudo de Carl Rogers sobre a empatia do terapeuta com seu cliente e o quanto esta experiência promove no cliente esta experiência de ser empático também.
.
A Terapia Centrada no Cliente, de Carl Rogers, descreve como o terapeuta seria o responsável pelo desenvolvimento do cliente dentro de uma atmosfera sem ameaças, o setting terapêutico.
.
O autor dizia que essa promoção aconteceria por condições facilitadoras transmitidas pelo terapeuta, tais como congruência, autenticidade, aceitação positiva incondicional e a empatia, onde o cliente seria o alvo da atenção do terapeuta, e este, por meio desta compreensão empática, deixaria de ser passivo para ser um agente ativo na relação e consequentemente em sua vida. Considerando assim que essa relação, proporcionaria ao cliente condições para a manifestação da capacidade de atualização, desenvolvendo assim uma profunda capacidade de compreensão e crença em si mesmo.
.
Estou filosofando hoje sobre empatia pois creio ser um momento em que todos estamos precisando muito deste indicador de inteligência emocional para lidarmos com todas as adversidades que estamos lidando durante a Pandemia.
.
Esta é uma reflexão que me veio agora, no final de um dia de atendimentos online com meus clientes e eu estou compartilhando com vocês. Então se desejar compartilhar fique a vontade, mas por favor cite o meu nome nos créditos. Isto também é ser empático!
Espero que vocês tenham gostado!
Sou muito grata pela confiança dos meus pacientes no meu trabalho!
Boa noite para todos!

Deixe um Comentário