(21) 2178-2211 ou (21) 3875-6767

Siga-me nas mídias sociais!

Psicóloga C.R.P: 18558/05

(21) 2178-2211 ou (21) 3875-6767

Psicóloga C.R.P: 18558/05

Quando comecei a terapia eu estava com 19 anos, fumando muita maconha e começando a experimentar a cocaína e foi por isto que achei que não podia continuar daquele jeito

Brigava muito em casa, o relacionamento com minha mãe estava insuportável, ninguém me agüentava, acho que nem eu mesmo me agüentava. Eu não tinha conseguido terminar o segundo grau nem o curso de espanhol. Aliás, eu não conseguia terminar nada que começava, até os namoros não iam adiante.
 
Pensei que a terapia fosse uma chatice, alguém me criticando e dizendo o que eu tinha que fazer. Mas não foi assim. A Nazareth me ouvia, me entendia e a terapia começou a me ajudar, até que um dia ela falou sobre o DDA e tudo se clareou para mim.
 
Junto com as conversas ela me deu umas dicas que me ajudavam a terminar o que eu queria fazer, fazia uns joguinhos no consultório e em casa e eu  anotava o tempo e levava para ela.
A Nazareth me indicou um médico e comecei a tomar a ritalina. Eu parecia outra pessoa. Ela me perguntou se eu não queria voltar a estudar e eu tinha medo de começar de novo e não conseguir, mas voltei e acabei voltando também para o espanhol.
 
Terminei o curso primeiro e foi uma vitória e depois conclui meu segundo grau. E aí não sabia mais o que fazer porque achava que não seria bom em nada, nem sabia que carreira escolher. Minha terapeuta tirou mais uma carta da manga e fez uma Orientação Vocacional comigo. Fiz o vestibular, passei e estou quase terminando a faculdade de comunicação.
 
Há muito tempo resolvi parar de tomar a ritalina e ficar só com a terapia, pode ser besteira, sei que eu poderia fazer mais coisas com ela mas a terapia já me ajuda bastante, tá legal! Ah, demorei para começar a escrever este depoimento mas agora vejo que é bem legal fazer esta retrospectiva, devo ter esquecido de muitas coisas mas posso escrever outro depois.
 
Ainda esqueço algumas coisas, mas uso a agenda, faço as coisas na hora que lembro, anoto os compromissos no celular e nas planilhas, dentre outras coisas (dicas da Nazareth) . Estou com a auto-estima lá em cima e estou até com namorada já há dois anos. Estou bem e espero poder com este depoimento ajudar alguém com as mesmas dificuldades que tenho. Hoje moro fora do País e faço atendimento online.
(Este cliente terminou a Faculdade e os cursos necessários à sua formação acadêmica, mantém um relacionamente estável há alguns anos, o que antes não conseguia e está trabalhando).

Deixe um Comentário